novembro 30, 2010

Post pra tirar poeira do blog

Posted in Uncategorized às 21:05 por Candyman

Enfim, pessoal e poucas almas que topam aqui pelo blog, voltei. Mas enfim, antes de começarem a ler, seria bom cês escutarem essa música e ver a tradução dela, pq ela tipo que resume a situação dos últimos meses.

Muita coisa aconteceu nos últimos meses. Muita coisa mesmo. A maioria delas eu parei de escrever aqui no blog e acabei por colocar em um caderno que eu tenho. Enfim, é mais fácil do que ligar o computador, entrar no wordpress e tudo mais. E eu tipo que ‘tava sem saco pra fazer isso tudo.

Agora pra o que interessa: o final do ano tá chegando, apesar de muita coisa ter acontecido e eu ter mudado muito, mas muito mesmo… as coisas ainda estão meio estranhas. Pra quem não sabe, em 2008 eu era um poço de tristeza e depois daquele ano eu fiz umas promessas a mim mesmo e uma delas seria que eu não iria mais ficar triste.

Olhando assim, até que parece ser bom “Puxa, Anderson! Você não vai mais ficar triste nunca!”, mas não é. Seria bom se você não tivesse motivos pra ficar triste. Quem me conhece já deve ter percebido que eu realmente não me entristeço fácil. Pelo menos eu não lembro de ter demonstrado tristeza pra alguém que eu conheço e aliás, eu me nego mesmo a ficar triste. Mas agora imagina, acontecem coisas chatas contigo e cê não pode se dar ao luxo de ficar pra baixo, como é que fica, bixão?

Só pra exemplificar, meu cachorro morreu esse ano. Ele já tinha 14 anos e morreu numa sexta-feira 13, de agosto. Tipo, eu não chorei. E a morte dele significava muito mais do que a simples morte. Pow, a última coisa que eu disse a ele foi quando eu cheguei em casa de noite da faculdade e disse que ele era o único que realmente gostava de mim incondicionalmente, e de fato era mesmo. Eu disse isso e no outro dia o cachorro morre. Como fica, bixão?

Isso dá o gancho pro motivo real que me fez vir aqui escrever isso tudo. Mais um ano veio, mais um ano se foi e eu tô aqui.

Pessoas me magoaram. Magoaram MUITO.

Quando eu finalmente achava que podia ser feliz, estava enganado.

Aliás, é o que acontece sempre. Eu acho que vou ter uma felicidade duradoura mas não. Parece até que tem alguém que faz isso de propósito só pra me ver sofrer, sabe? Como dar doce pra uma criança e depois tomar dela só pra ver o infeliz chorar.

É muito chato tudo isso.

Saco.

Eu tô me sentindo mal, não necessariamente triste, e isso que lasca. Rá, eu tô muito mal. Mas me vejo obrigado a me levantar e seguir em frente. É o que eu faço, levantar a cabeça e seguir em frente. Mazelado, mas vivo.

Afinal, essa é a única opção que me sobrou, seguir em frente. Eu não tô gostando da situação, mas seguir em frente é tudo que me restou.

Porra, por que eu não posso ser feliz? Todo mundo pode, menos eu? E essa cidade miserável não me ajuda. Meu cachorro morreu, ninguém aqui dá a mínima pra mim e não tem mais nada que me prenda aqui. Olhando agora, acho que é justamente isso que é o problema.

Bem, eu tô com sono, o post não saiu como eu imaginava e foi praticamente um desabafo.

E a guria provavelmente já arrumou outra pessoa. E eu tô aqui.

.

.

.

.

.

Saco.

As coisas poderiam ser bem mais fáceis. Bem, vão dormir. Boa noite.

 

março 30, 2010

Sobre os Momentos de Reflexão

Posted in Vida às 22:39 por Candyman

– Momentos de reflexão –

A vida é estranha.

Às vezes cê pensa que tudo passou mas aí do nada algo volta e abala o alicerce de novo, e sempre que isso acontece é de noite.

Já pararam pra pensar nisso? É sempre à noite que vem aquele pensamento que ‘tava lá guardado o dia todo, só esperando a chance pra cê dar atenção a ele.
Deve ser porque durante o dia a gente fica ocupado demais com as outras coisas da vida, e é só durante a noite que a gente tem tempo pra nós mesmos, pra
pensar no que realmente importa, coisas como:

1º – Já fazem sete meses que eu não corto o cabelo, deixo do jeito que tá ou corto mesmo?
2º – Ir pra rave no feriadão ou ficar em casa mesmo?
3º – Deixar a barba crescer, raspar tudo ou deixar o cavanhaque de novo?
4º – São 23h12. Paro de escrever, vou dormir, estudar ou ficar aqui mesmo?
5º – Cara, que filme louco é esse do SBT?

Mas voltando, são esses reflexões pré sono que podem te fazer passar a noite acordado ou te fazer dormir como um universitário de república depois
da festa de comemoração do final de semestre.

Bem, a inspiração tá passando. Ver o que acontece agora

Sobre os Aromáticos

Posted in Vida tagged às 22:37 por Candyman

Na saída da faculdade uma vez, depois de uma aula de química orgânica II sobre reações, estávamos meu amigo e eu esperando o busível pra voltar pra casa
Lá no ponto do busão devia ter gente de no mínimo 3 cidades diferentes, cada uma delas indo pro ônibus da cidade onde moravam.

Agora um fato rápido sobre o ensino superior

Em alguns cursos, principalmente os da área da saúde, é normal o pessoal ir atrás de gente do próprio curso, o que acaba dando em muito casamento de gente
que se conheceu na sala da faculdade. Esse não é o caso da minha sala, rá.

Se cê pode definir o relacionamento do pessoal da minha sala como o de irmãos. O povo se mata mas no final fica tudo bem, e como é de se esperar, ninguém tem chance
com ninguém naquela sala.

Voltando

A gente reparou que tinha muitas gurias bonitas nos ônibus das outras cidades enquanto na nossa sala… (cês já sabem)
Foi quando o carinha soltou o “Hey Anderson, tem tantas moléculas interessantes por aí e a gente só nos carbocátions” e eu completei “É… tantas moléculas aromáticas…”
Foi aí que surgiu a minha mania louca de chamar gurias de Aromáticos (Moléculas Aromáticas)

Não que isso fosse importante… mas só achei que deveria escrever sobre isso. ué.

março 8, 2010

Otimismo?

Posted in Vida às 16:41 por Candyman

Meio cheio ou meio vazio? Pra mim só um copo com água

outubro 6, 2009

Just Chillin’n

Posted in Vídeo, Vida tagged , , , , , , , , às 18:57 por Candyman

Bem, só pra fazer a postagem da semana.

A falta de postagens é devido eu estar estudando pras provas da faculdade e ao mesmo tempo estudando pra prova do vestibular da UF. Se tudo der certo eu vou ser o über-ninja =D

Sobre o vídeo: Eu encontrei esse vídeo enquanto pesquisava sobre galgos. Tem outro sobre pinschers muito legal também.

Tão simples, e ao mesmo tempo tão belo.

Por isso eu gosto de cachorros

setembro 23, 2009

Nunca Desista!

Posted in Boredom Calls tagged , , , , , , , , , , às 16:30 por Candyman

Essa já é uma frase bem conhecida na internet… “nunca nunca nunca desista”. Acontece que ela pode ter dois sentidos, dependendo do jeito que a gente lê.

nunca desistaó só:

Nunca, nunca, nunca! Desista.

ou

Nunca, nunca, nunca desista!

qual das duas?

setembro 11, 2009

Estudar pra quê?

Posted in Uncategorized tagged , , , , , , , às 18:44 por Candyman

Taí a resposta.

Taí a resposta.

Agradecimento especial ao Hugo Aboud, do Revolução Muda, pela imagem 😀

setembro 4, 2009

(Trecho)

Posted in Uncategorized às 19:56 por Candyman

E foi então que apareceu a raposa:
– Bom dia, disse a raposa.
– Bom dia, respondeu polidamente o principezinho que se voltou mas não viu nada.
– Eu estou aqui, disse a voz, debaixo da macieira…
– Quem és tu? perguntou o principezinho.
Tu és bem bonita.
– Sou uma raposa, disse a raposa.
– Vem brincar comigo, propôs o princípe, estou tão triste…
– Eu não posso brincar contigo, disse a raposa.
Não me cativaram ainda.
– Ah! Desculpa, disse o principezinho.
Após uma reflexão, acrescentou:
– O que quer dizer cativar ?
– Tu não és daqui, disse a raposa. Que procuras?
– Procuro amigos, disse. Que quer dizer cativar?
– É uma coisa muito esquecida, disse a raposa.
Significa criar laços…
– Criar laços?
– Exatamente, disse a raposa. Tu não és para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos.
E eu não tenho necessidade de ti.
E tu não tens necessidade de mim.
Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás pra mim o único no mundo. E eu serei para ti a única no mundo…
Mas a raposa voltou a sua idéia:
– Minha vida é monótona. E por isso eu me aborreço um pouco. Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei o barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros me fazem entrar debaixo da terra. O teu me chamará para fora como música.
E depois, olha! Vês, lá longe, o campo de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim é inútil. Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste! Mas tu tens cabelo cor de ouro. E então serás maravilhoso quando me tiverdes cativado. O trigo que é dourado fará lembrar-me de ti. E eu amarei o barulho do vento do trigo…
A raposa então calou-se e considerou muito tempo o príncipe:
– Por favor, cativa-me! disse ela.
– Bem quisera, disse o principe, mas eu não tenho tempo. Tenho amigos a descobrir e mundos a conhecer.
– A gente só conhece bem as coisas que cativou, disse a raposa. Os homens não tem tempo de conhecer coisa alguma. Compram tudo prontinho nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm mais amigos. Se tu queres uma amiga, cativa-me!
Os homens esqueceram a verdade, disse a raposa.
Mas tu não a deves esquecer.
Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”

Enquete: O que é melhor? Amar e não ser amado ou não ter a quem amar?

julho 26, 2009

Texto tr00 1

Posted in Vida tagged , , , , , , , , às 00:10 por Candyman

um amigo meu, o do outro blog, me mandou esse texto incrível de um amigo dele, o Wendel Graupner (coloquei o autor do texto. Não sou um cara sacana)

Leiam o texto, digam wow e  sejam felizes

Você se engana porque quer.

Não adianta perder seu tempo acreditando que aquela menina que você transou no primeiro encontro possa tornar-se o grande amor da sua vida. As pessoas não mudam, ficam cada vez mais parecidas com elas mesmas. Se esse é o seu valor, será absolutamente o mesmo amanhã com outro qualquer. Ganha pontos em ser verdadeira. Mas cai por terra pela facilidade.

Aquela garota que supervalorizou seus dotes, fazendo você subir pelas paredes de desejo, pode ser o que você sempre sonhou sobre os valores morais de alguém pra vida toda. Mas ninguém garante que ela pode satisfazer toda sua vontade. E quem garante que os princípios morais são de verdade? Você paga pra ver se quiser e não tiver nada a perder. E se você abrir mão do certo para provar o duvidoso. Tem mais, quão certo é o duvidoso? E, quão duvidoso é o certo?

Se perceber a menor ponta de receio de um futuro trágico, esqueça tudo e vá direto pra próxima página. Somos todos iguais e ao mesmo tempo tão diferentes. Isso não nos dá o direito de colocar pessoas dos dois lados da balança da desejável ética e moralidade. Não coloque seus próprios sentimentos na balança pra saber se vale deixar a “vida do crime”.

É certo que ninguém é perfeito. Mas é também certo que existe alguém perfeito para você. Quando isso acontecer, perceberás que as dúvidas desaparecerão como o sol oculta as estrelas ao clarear do dia. E então, não lhe passará pela cabeça qualquer forma de comparação com experiências manchadas de interrogações.

Não deixe de tentar, posso estar errado a respeito da sua vida, afinal, eu entendo bem é da minha. Siga o coração e, se você tiver algum traço dela, não esqueça a razão. Acredite na intuição. A boa impressão pode esfriar depois de um tempo, porém, a má impressão não se apaga jamais. Não é culpa sua, as circunstâncias são assim. Seus valores são perfeitos pra alguém, assim como alguém possui os valores perfeitos pra você.

Não tente mudar a cabeça de ninguém por mais que você perceba um universo de incoerência. Não perca tempo tentando ajudar quem não estende a mão mesmo quando está se afogando.

O “eu te amo” só acredito no da minha mãe. O “eu te adoro” só acredito no da amizade. Foram banalizados ao ponto de serem ditos como se dá “bom dia” ou “boa noite”. Não que eu não tenha capacidade de amar nem o sentimento de adoração. Só não acho certo lançar essas duas frases aos quatro ventos sem conhecer o que o interlocutor entende por esses sentimentos.

Seja verdadeiro e construa valores. Mantenha a calma e não perca fios de cabelo querendo acreditar no que você sabe que não é perfeito.

Acredite sinceramente na sua felicidade que ela aparece. Como as estrelas vão brotando depois que o sol vai embora…

julho 22, 2009

Linkando pros parcero!

Posted in Uncategorized às 23:34 por Candyman

esse é o blog de um amigo meu.

leia ele, é melhor que o meu.

http://revolucaomuda.wordpress.com/

Próxima página