março 30, 2010

Sobre os Momentos de Reflexão

Posted in Vida às 22:39 por Candyman

– Momentos de reflexão –

A vida é estranha.

Às vezes cê pensa que tudo passou mas aí do nada algo volta e abala o alicerce de novo, e sempre que isso acontece é de noite.

Já pararam pra pensar nisso? É sempre à noite que vem aquele pensamento que ‘tava lá guardado o dia todo, só esperando a chance pra cê dar atenção a ele.
Deve ser porque durante o dia a gente fica ocupado demais com as outras coisas da vida, e é só durante a noite que a gente tem tempo pra nós mesmos, pra
pensar no que realmente importa, coisas como:

1º – Já fazem sete meses que eu não corto o cabelo, deixo do jeito que tá ou corto mesmo?
2º – Ir pra rave no feriadão ou ficar em casa mesmo?
3º – Deixar a barba crescer, raspar tudo ou deixar o cavanhaque de novo?
4º – São 23h12. Paro de escrever, vou dormir, estudar ou ficar aqui mesmo?
5º – Cara, que filme louco é esse do SBT?

Mas voltando, são esses reflexões pré sono que podem te fazer passar a noite acordado ou te fazer dormir como um universitário de república depois
da festa de comemoração do final de semestre.

Bem, a inspiração tá passando. Ver o que acontece agora

Sobre os Aromáticos

Posted in Vida tagged às 22:37 por Candyman

Na saída da faculdade uma vez, depois de uma aula de química orgânica II sobre reações, estávamos meu amigo e eu esperando o busível pra voltar pra casa
Lá no ponto do busão devia ter gente de no mínimo 3 cidades diferentes, cada uma delas indo pro ônibus da cidade onde moravam.

Agora um fato rápido sobre o ensino superior

Em alguns cursos, principalmente os da área da saúde, é normal o pessoal ir atrás de gente do próprio curso, o que acaba dando em muito casamento de gente
que se conheceu na sala da faculdade. Esse não é o caso da minha sala, rá.

Se cê pode definir o relacionamento do pessoal da minha sala como o de irmãos. O povo se mata mas no final fica tudo bem, e como é de se esperar, ninguém tem chance
com ninguém naquela sala.

Voltando

A gente reparou que tinha muitas gurias bonitas nos ônibus das outras cidades enquanto na nossa sala… (cês já sabem)
Foi quando o carinha soltou o “Hey Anderson, tem tantas moléculas interessantes por aí e a gente só nos carbocátions” e eu completei “É… tantas moléculas aromáticas…”
Foi aí que surgiu a minha mania louca de chamar gurias de Aromáticos (Moléculas Aromáticas)

Não que isso fosse importante… mas só achei que deveria escrever sobre isso. ué.

março 8, 2010

Otimismo?

Posted in Vida às 16:41 por Candyman

Meio cheio ou meio vazio? Pra mim só um copo com água

outubro 6, 2009

Just Chillin’n

Posted in Vídeo, Vida tagged , , , , , , , , às 18:57 por Candyman

Bem, só pra fazer a postagem da semana.

A falta de postagens é devido eu estar estudando pras provas da faculdade e ao mesmo tempo estudando pra prova do vestibular da UF. Se tudo der certo eu vou ser o über-ninja =D

Sobre o vídeo: Eu encontrei esse vídeo enquanto pesquisava sobre galgos. Tem outro sobre pinschers muito legal também.

Tão simples, e ao mesmo tempo tão belo.

Por isso eu gosto de cachorros

julho 26, 2009

Texto tr00 1

Posted in Vida tagged , , , , , , , , às 00:10 por Candyman

um amigo meu, o do outro blog, me mandou esse texto incrível de um amigo dele, o Wendel Graupner (coloquei o autor do texto. Não sou um cara sacana)

Leiam o texto, digam wow e  sejam felizes

Você se engana porque quer.

Não adianta perder seu tempo acreditando que aquela menina que você transou no primeiro encontro possa tornar-se o grande amor da sua vida. As pessoas não mudam, ficam cada vez mais parecidas com elas mesmas. Se esse é o seu valor, será absolutamente o mesmo amanhã com outro qualquer. Ganha pontos em ser verdadeira. Mas cai por terra pela facilidade.

Aquela garota que supervalorizou seus dotes, fazendo você subir pelas paredes de desejo, pode ser o que você sempre sonhou sobre os valores morais de alguém pra vida toda. Mas ninguém garante que ela pode satisfazer toda sua vontade. E quem garante que os princípios morais são de verdade? Você paga pra ver se quiser e não tiver nada a perder. E se você abrir mão do certo para provar o duvidoso. Tem mais, quão certo é o duvidoso? E, quão duvidoso é o certo?

Se perceber a menor ponta de receio de um futuro trágico, esqueça tudo e vá direto pra próxima página. Somos todos iguais e ao mesmo tempo tão diferentes. Isso não nos dá o direito de colocar pessoas dos dois lados da balança da desejável ética e moralidade. Não coloque seus próprios sentimentos na balança pra saber se vale deixar a “vida do crime”.

É certo que ninguém é perfeito. Mas é também certo que existe alguém perfeito para você. Quando isso acontecer, perceberás que as dúvidas desaparecerão como o sol oculta as estrelas ao clarear do dia. E então, não lhe passará pela cabeça qualquer forma de comparação com experiências manchadas de interrogações.

Não deixe de tentar, posso estar errado a respeito da sua vida, afinal, eu entendo bem é da minha. Siga o coração e, se você tiver algum traço dela, não esqueça a razão. Acredite na intuição. A boa impressão pode esfriar depois de um tempo, porém, a má impressão não se apaga jamais. Não é culpa sua, as circunstâncias são assim. Seus valores são perfeitos pra alguém, assim como alguém possui os valores perfeitos pra você.

Não tente mudar a cabeça de ninguém por mais que você perceba um universo de incoerência. Não perca tempo tentando ajudar quem não estende a mão mesmo quando está se afogando.

O “eu te amo” só acredito no da minha mãe. O “eu te adoro” só acredito no da amizade. Foram banalizados ao ponto de serem ditos como se dá “bom dia” ou “boa noite”. Não que eu não tenha capacidade de amar nem o sentimento de adoração. Só não acho certo lançar essas duas frases aos quatro ventos sem conhecer o que o interlocutor entende por esses sentimentos.

Seja verdadeiro e construa valores. Mantenha a calma e não perca fios de cabelo querendo acreditar no que você sabe que não é perfeito.

Acredite sinceramente na sua felicidade que ela aparece. Como as estrelas vão brotando depois que o sol vai embora…